Mapping our tiles é um projeto de georreferenciação de azulejos de casas portuguesas, que liga diversos padrões de azulejos às localizações físicas onde (atualmente) existem. O projeto ambiciona caracterizar a distribuição de padrões de azulejos em Portugal, reforçando a sua beleza, tradição e relevância cultural, para que todos possam apreciá-los e contribuir para a sua proteção e preservação para gerações futuras.

Clique nos azulejos para ver a sua georreferenciação.

FAQ's

Quais são os objectivos de MAPPING OUR TILES?

Os objetivos do projeto MAPPING OUR TILES são georreferenciar azulejos exteriores de casas portuguesas de modo a construir um inventário dos belíssimos padrões utilizados nesses azulejos, e investigar a sua frequência e distribuição espacial. O objetivo último é o registo, documentação e partilha de informação de uma parte importante do nosso património, para apreciação no presente e conservação para o futuro.

As nossas metas para 2016 são a georreferenciação de pelo menos cinco novos padrões por mês. Adicionalmente começámos a colaborar com o Projecto Az Infinitum - Az - Rede de Investigação em Azulejo / Artis - Instituto de História da Arte, Faculdade de Letras, Universidade de Lisboa e Museu Nacional do Azulejo - reunindo esforços e aumentando o impacto do trabalho de toda a comunidade MAPPING OUR TILES. Assim, partilharemos os padrões, fotografias de fachadas e localizações do projeto MAPPING OUR TILES com o Projeto Az Infinitum. Pedimos que nos enviem, por favor:

1. Fotografia ou referência de um padrão de azulejo,

2. Morada (rua, número, cidade ou coordenadas geográficas), e, adicionalmente,

3. Fotografia da fachada do edifício com azulejos.

Quem Somos?

Nós somos Bonjardim Porto, uma pequena equipa de tripeiros orgulhosos e entusiastas com o nosso património. Queremos valorizar e partilhar a beleza dos azulejos das casas do Porto e de Portugal, e utilizamos os seus padrões nos embrulhos de sabonetes de azeite aromatizados com óleos essenciais biológicos, que produzimos, postais e outros produtos. Sentimos que devíamos capturar a beleza, diversidade e distribuição geográfica dos nossos azulejos, ajudando as nossas cidades a inventariar esta riqueza para melhor a partilhar e conservar.

 instagram

Como é que tudo começou?

Tudo começou com um grande entusiamo pelos bonitos padrões existentes em azulejos nas fachadas de casas portuguesas, sobretudo casas de cidade do século XIX. E num prazer coletivo de partilhar mais padrões e identificar as suas localizações. Esta atividade coletiva envolve as nossas crianças, que são observadores admiráveis, reconhecendo diferentes padrões, identificando locais onde existem e expressando veementemente as suas preferências! A nossa rede cresceu, expandindo-se a família e amigos, e sentimos que seria positivo georreferenciar os azulejos das nossas casas para conhecimento de todos e valorização deste bocadinho de história. 

Que regiões são cobertas pelo projeto?

MAPPING OUR TILES é um projeto português e ambiciona fazer o levantamento de azulejos de casas em Portugal. Estamos a começar pela cidade do Porto e pretendemos expandir para outras cidades principais (Lisboa, Braga, Aveiro, Coimbra,…) e depois para além dessas cidades.

Que tipos de azulejos são cobertos pelo projeto?

Este projeto cobre azulejos de fachadas/exteriores de casas.

Por  que não cobrir outro tipo de azulejos?

Outros tipos de azulejos, como painéis de azulejos frequentemente observados em igrejas e estações de caminho-de-ferro, estão bem documentados em literatura histórica e são frequentemente apresentados em guias turísticos do nosso país. Assim, fogem do âmbito do projeto MAPPING OUR TILES.

Quais os critérios utilizados para a seleção de padrões?

Há centenas de azulejos de casas portuguesas e não os podemos georreferenciar a todos simultaneamente. O nosso critério para a seleção inicial foi a frequência e a beleza (subjetiva). Atenderemos aos contributos de colaboradores deste projeto para expandir a nossa seleção inicial. Alguns dos padrões representados neste site podem apresentar variações na cor ou em algum detalhe entre as diferentes localizações onde existem.

Como posso ajudar?

MAPPING OUR TILES gostaria muito do contributo de todos para este projeto. Pode contribuir enviando-nos novos padrões (de azulejos de casas) e/ou localizações de padrões já existentes neste site. Pode fazê-lo por email: mappingourtiles@bonjardim.pt ou por Instagram utilizando a hashtag: #mappingourtiles, enviando:

1. Fotografia ou referência de um padrão de azulejo,

2. Morada (rua, número, cidade ou coordenadas geográficas), e, adicionalmente,

3. Fotografia da fachada do edifício com azulejos.

As imagens partilhadas deverão ser da autoria de quem as submete e poderão ser utilizadas pelo projeto MAPPING OUR TILES e pelo projeto Az Infinitum, com crédito atribuído aos autores.

Quanto tempo demora um novo padrão a ser adicionado ao website?

O tempo que novos padrões demoram a ser adicionados ao website www.mappingourtiles.com é muito variável. Os critérios de seleção prendem-se sobretudo com a frequência com que são reportados. Assim, alguns padrões poderão ficar em lista de espera durante alguns meses. Reforça-se também que alguns padrões fogem do âmbito do projeto Mapping Our Tiles e poderão nunca ser inseridos; no entanto essa informação será comunicada a quem os submete. Os objetivos para 2016 são de ter pelo menos 100 padrões georrefrenciados, adicionando em média 5 novos padrões por mês.

Colaboradores:

A-I: Alexandra Macedo, Alfredo Tomás, Andreia Correia, Beatriz Fernández, Camila Garcia, Carlos Queirós, Catarina Ginja, Catarina Santos, Clara Amorim, Diogo Gonçalves, Dolores Fernandez, Duarte Lázaro (Rede AZ - foto padrão BJ123), Fábio Carvalho, Fátima Figueiredo, Filipa Antunes, Filipa Oliveira, Helena Azevedo, Helena Espadinha, Inês Aguiar (Rede AZ - foto padrões BJ055C, BJ078B, BJ093, BJ150, BJ151, BJ152, BJ157), Inês Baptista, Inês Neves, Isabel Braga da Cruz

J-Z: Joana Pulido, João Mamodeiro, José Bernard, José Ranita, José Rui Ferreira, Libório Manuel Silva (Rede AZ - foto padrões BJ153, BJ154, BJ155, BJ156), Luciana Gomes, Luísa Pinto dos Reis, Luís Royal, Madalena Ferreira, Nisa Félix, Nuno Bonifácio, Nuno Couto, Ondina Afonso, Paulo Topa, Pedro Caiado, Pedro Gomez, Pedro Meirinhos, Rafaela Costa, Ricardo Bessa, Ricardo Lacerda, Sónia Martins, Teresa Amorim, Teresa Oliveira, Teresa Pêgo, Tiago Alves Miranda, TILED - Heritage you can wear

Azulejos Lisboa Pisal

Projecto Az Infinitum

@afonso_ocaodeloica

@alfamashop

@anaferreirasig     

@anamariasgarcia

@ana.mmar

@ana.v.luis           

@aneglo_7_ferreira    

@aperfecto    

@atenanike          

@a.vida.no.paraiso    

@azulejosdeaveiro

@azulejoslx

@azulejospadrao

@azul_s_tile_your_life

@bea7rizdovale    

@bernard.paolo

@bonjardim_porto

@cabralleitao

@celia_cunha_ferreira

@costix

@cunhasusana

@cupidocarla

@dimfsilva

@diogorubim

@gi.noronha

@hugosilvapereira

@inesestrela_

@isabel_bragacruz

@iveteb

@kuka.duarte

@luisacsgcosta

@marisacaiano

@martalisboa           

@mbbinsta

@nunosl                   

@paulopereira_instg

@ruitguedes 

@sarafamoreira

@today_i_saw_a_tile

@v_docoa

@visitovar     

Última actualização:

23 November 2017